• Home
  • Programação
  • Por que celebramos o natal?
    Os símbolos da renovação na visão de Carl Jung
Programação
Por que celebramos o natal?
Os símbolos da renovação na visão de Carl Jung

Com Marcelo Jordão
1 de dezembro de 2015, terça-feira, 19h30 a 21h30


Muitos de nós não valorizam as festas e rituais de final de ano, em particular, o Natal. Dizemos não entender o motivo de tanta comoção, muitas vezes inclusive arriscamos uma explicação racionalista para isso, que varia desde o interesse dos comerciantes em vender até a ignorância geral de pessoas que se prendem a rituais primitivos e sem sentido, há muito já superados pela evolução de nosso conhecimento científico.

Essa postura racionalista é muitas vezes usada para nos defendermos de nossos próprios impulsos internos (inconscientes) de nos conectarmos com algo que é maior do que nós mesmos.

Nessa palestra, mostraremos que os rituais e comemorações de final de ano possuem uma raiz muito antiga, anterior inclusive ao cristianismo que tentou dar uma nova roupagem aos símbolos de renovação dessa época. Mostraremos ainda que, independentemente da crença individual (ou ainda que se afirme não possuir nenhuma), os símbolos de renovação são uma necessidade da nossa psique e pode nos beneficiar a todos, caso possamos vivenciá-los.

Quem se fecha para essa vivência interna arrisca-se a pagar um alto preço psicológico, ou ainda sujeitar-se aos impulsos da compra impensada.





 

 


 


Docente

Marcelo Jordão é graduado em Engenharia de Materiais (Mackenzie), mestre em Ensino de Ciências (USP) pós-graduando em Psicologia Junguiana (FACIS). Autor de livros didáticos e professor convidado dos programas “Sala de professor” e “Acervo” do canal TV Escola MEC (1999-2012). Atualmente atua como psicoterapeuta. Sua formação abrangente e a ampla experiência profissional propiciaram uma abordagem inovadora de três campos distintos: marketing, ciências exatas e psicologia analítica.