• Home
  • Programação
  • CANCELADO
    Natal e Ano Novo: Necessidade Psicológica ou Imposição Comercial?
    A importância dos símbolos da renovação na visão da Psicologia Analítica de Carl Jung
Programação
CANCELADO
Natal e Ano Novo: Necessidade Psicológica ou Imposição Comercial?
A importância dos símbolos da renovação na visão da Psicologia Analítica de Carl Jung

Com Marcelo Jordão
2 e 9 de dezembro de 2016, sextas-feiras, das 19h30 às 21h30

É muito comum encontrar pessoas que dizem não valorizar as festas e rituais de final de ano, em particular, o Natal. Eles dizem não entender o motivo de tanta comoção, muitas vezes inclusive arriscam uma explicação racionalista para isso, que varia desde o interesse dos comerciantes em vender até a ignorância geral de pessoas que se prendem a rituais primitivos e sem sentido, há muito já superados pela evolução de nosso conhecimento científico.

Essa postura racionalista é muitas vezes usada para que a pessoa se defenda de seus próprios impulsos internos (inconscientes) de se conectar com algo que é maior do que ela mesma.

Nesse curso, direcionado ao público leigo em psicologia, pretendo mostrar que os rituais e comemorações de final de ano possuem uma raiz muito antiga, anterior inclusive ao cristianismo que tentou dar uma nova roupagem aos símbolos de renovação dessa época. Pretendo também mostrar que, independentemente da crença individual (ou ainda que se afirme não possuir nenhuma), os símbolos de renovação são uma necessidade da nossa psique e podem nos beneficiar a todos, caso possamos vivenciá-los.

Quem se fecha para essa vivência interna arrisca-se a pagar por isso com uma neurose, inclusive a da compra compulsiva.





 

 


 

Docente
Marcelo Jordão, Engenheiro de Materiais (Mackenzie), Mestre em Ensino de Ciências (USP), certificado em Psychological First Aid (Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health) e pós-graduado em Terapia Jungiana pelo IJEP (Instituto Junguiano de Ensino e Pesquisa). Atuou como professor de Química para o Ensino Médio, autor de livros de ciências didáticos e paradidáticos, também ocupou diversos cargos corporativos nas áreas de engenharia, vendas e marketing. Estuda Terapia Junguiana há mais de 15 anos e desde de 2010 trabalha exclusivamente como psicoterapeuta.