Editora
foto_livro_maior

O Surpreendente Propósito da Raiva

Autor(a): Marshall Rosenberg

R$ 28,00


O que a sua raiva está tentando te dizer?

Você sente quando ela bate. Seu rosto fica vermelho e sua visão focaliza o objeto do descontentamento. O ritmo cardíaco aumenta e pensamentos julgadores inundam sua mente. A raiva foi deflagrada e você está prestes a dizer algo que provavelmente vai piorar a situação.

Existe uma alternativa. A Comunicação Não Violenta nos ensina que a raiva serve a um propósito específico, que enriquece a vida. É um sinal de alerta mostrando que você se desligou de coisas valiosas para você e que suas necessidades não estão sendo atendidas. Ao invés de lidar com a raiva reprimindo sentimentos ou agredindo alguém com seus julgamentos, Marshall Rosenberg mostra como usar a raiva para descobrir o que você precisa e como atender suas necessidades de modo construtivo.

Este livro ajudará você a se tornar mais consciente de quatro verdades importantes:

• Pessoas e acontecimentos podem ser o gatilho da sua raiva, mas seus pensamentos são a causa.
• Julgar que os outros estão “errados” nos impede de fazer a conexão com nossas necessidades não atendidas.
• Ter uma visão clara de nossas necessidades nos ajuda a identificar soluções satisfatórias para todos.
• Criar estratégias focadas no atendimento de nossas necessidades transforma a raiva em ações positivas.

A Comunicação Não Violenta é um processo que tem o poder de inspirar conexão e ação compassivas. O aprendizado da CNV pode ajudar a facilitar a comunicação e prevenir conflitos pois ajuda a atender às necessidades de todos. Este processo prático e comprovadamente eficaz funciona igualmente bem nos campos da educação, dos negócios, assistência social, política e também nas famílias e relacionamentos pessoais.

O Dr. Marshall Rosenberg foi o fundador e diretor educacional do Center for Nonviolent Communication. Ele viajou pelo mundo mediando conflitos e promovendo a paz.



Autor(a)

Marshall Rosenberg, cresceu no interior de Detroit, e conviveu diariamente com várias formas de violência. Determinado a estudar suas causas e como reduzi-la, cursou Psicologia, tendo obtido o doutorado em Psicologia Clínica em 1961. A comunicação Não Violenta evoluiu ao longo de sua busca por ensinar habilidades de pacificação. Trabalhou com ativistas dos direitos civis nos anos 1960 e passou a mediar conflitos, tendo atuado em áreas divididas pela guerra, pobreza e conflitos sociais em 62 países dos 4 continentes. Fundador do Center for Non Violent Communication, treinou muitos professores e abriu várias frentes de trabalho e projetos. Os resultados foram notórios. A CNV é ensinada em mais de 60 países e as avaliações indicam que ela efetivamente ajuda a estabelecer conexão compassiva consigo e com outros, bem como resolver conflitos pacificamente. Estudos também indicam que os resultados do treinamento se mantêm e crescem ao longo do tempo.