• Home
  • Notícias
  • 3ª Semana Nelson Mandela acontece no Sesc Vila Mariana no dia 18 de julho, com entrada franca
Notícias
12.07.2017
3ª Semana Nelson Mandela acontece no Sesc Vila Mariana no dia 18 de julho, com entrada franca

Priscila Fonseca - Palas Athena



Com o tema “Valores, Conexão e Propósito – a força do mandelar”, evento celebra a trajetória e o legado do líder sul-africano.

A Associação Palas Athena realiza junto ao Sesc, com a cooperação da UNESCO, da Mandela Foundation e do Consulado Geral da África do Sul em São Paulo, a 3ª Semana Nelson Mandela, no dia 18 de julho, terça-feira às 19h no Sesc Vila Mariana, com entrada franca.

“Valores, Conexão e Propósito – a Força do Mandelar” é o tema do evento, que convida o público a refletir sobre o verbo “mandelar”, que pode ser traduzido como resistir de forma não violenta, porém assertiva. A abertura da noite será uma apresentação dos cantores Damião e Andreia Bal, seguida da fala do Cônsul Geral da África do Sul, o Sr. Malose Mogale, que abordará a necessidade de salvaguardar os ideais de Nelson Mandela para promover a paz, o não racialismo, os direitos humanos e a justiça. A mesa temática trará Marcos Lopes, escritor, professor e mediador de conflitos, e a jornalista e ativista Juliana Gonçalves. O encerramento será feito pelos jovens artistas da Rede Cultural Beija-Flor.

Mandelar é um convite para, no cotidiano de cada um de nós, implementar a busca de conexão e entendimento, aceitando a condição natural e desejável de diversidade de opiniões e olhares, preferências e visões de mundo. É a diversidade que garante a regeneração e a criatividade, a riqueza de possibilidades de experiências. Pautar nossa participação no coletivo através do respeito e da consideração, da preservação da dignidade de todos, é responsabilizar-se no convívio cidadão e democrático.

A Semana Nelson Mandela acontece há três anos, sempre no mês de julho. A celebração de seus valores e sua trajetória tem como objetivo perpetuar a inspiração e força de sua vida exemplar para aprofundar a luta pela criação de uma sociedade internacional pacífica e solidária. E que o verbo “mandelar” seja a tônica desta sociedade.


3ª SEMANA NELSON MANDELA
Dia 18 de julho, terça-feira, às 19h

Local: Sesc Vila Mariana
Endereço: Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana, São Paulo (SP)
Mais informações: (11) 3050-6188
Retirada de ingressos nas bilheterias do Sesc no dia do evento, a partir das 14h.

Sobre os convidados

Malose Mogale é o Cônsul Geral do Consulado Geral da África do Sul em São Paulo. Ele assumiu a posição em julho de 2016. Antes de ser designado para a missão de São Paulo, ele foi nomeado para o Alto Comissariado da África do Sul em Nova Deli, Índia, como Ministro Plenipotenciário.

Marcos Lopes, Professor, escritor, empreendedor social e mediador de conflitos em regiões do Capão Redondo, Parque Santo Antônio, Jardim Ângela, S. Luís, Jardim Aracati. Divulgou seu livro Zona de Guerra e palestrou na Alemanha, Estados Unidos e atualmente no Brasil. Fundador do Instituto Projeto Sonhar - organização social que atende crianças vítimas de abuso e pessoas que querem deixar as drogas.

Juliana Gonçalves, Mulher negra e mãe. Jornalista formada pela Universidade Mackenzie. Atuou como Coordenadora de Comunicação do Centro de Estudos das Relações do Trabalho e Desigualdades (CEERT), onde escrevia sobre direitos humanos com ênfase na área de educação interseccionada com raça e gênero. Como militante, integra a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial de São Paulo (COJIRA).É pós-graduada em Jornalismo Literário. Junto com outras mulheres negras articulou e organizou a Marcha das Mulheres Negras que ocorreu em Brasília, em 2015. Atualmente é repórter do Brasil de Fato.

Andreia Bal é bacharel em música pela USP. Iniciou seus estudos musicais em Minas Gerais, apresentando-se em eventos de música popular brasileira ao lado de grandes músicos mineiros. Em 2006, recebeu o Prêmio de intérprete revelação regional do Festival da Canção de Boa Esperança. Integrou o coro Luther King (SP) entre 2011 e 2016, participando de concertos no Brasil, Paraguai e Itália.

Damião
é cantor, instrumentista, compositor e educador paulistano. Começou seus estudos de música aos 11 anos de idade. Formou-se bacharel em guitarra pela Faculdade Mozarteum, Violão Popular pela EMESP. Foi também aluno de canto de Tuca Fernandes. Na academia, além dos estudos como instrumentista, Damião pesquisa o Brasil Afro-Jazz, música que mescla os ritmos do candomblé com o jazz. Essa pesquisa deu origem em 2014 ao seu primeiro álbum autoral e independente, intitulado Unidade. Além dos trabalhos como compositor o músico já acompanhou importantes nomes do samba como Almir Guineto e Osvaldinho da Cuíca.

Rede Cultural Beija-Flor é uma organização social comunitária, sem fins lucrativos, atua na defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes por meio de atividades educacionais e culturais em um programa de prevenção da evasão do convívio social, familiar, e migração para as ruas. Atende anualmente milhares de crianças, adolescentes e famílias através dos Núcleos – Centro de Referência localizados em diferentes comunidades de Diadema e Itanhaém, age como polo dinamizador e transformador de potencialidades criativas, e como núcleo de promoção aos valores humanos.